Total de visualizações de página

SEGUIDORES. PARTICIPE TAMBÉM! EM BREVE VOU VISITAR O SEU BLOG. DEUS TE ABENÇOE!

Pesquise aqui

domingo, 16 de maio de 2010

OFICINA DE CROCHÊ COL. JOÃO XXIII

Nesta semana no colégio onde trabalho estará acontecendo uma Semana Cultural muito legal e com a participação de todos os alunos. Eu fiquei responsável pela oficina de crochê, por isso estou disponibilizando para minhas alunas um pouco da história do crochê, gráficos e vídeo com exemplos de alguns pontos e possibilidades deste artesanato tão gostoso de fazer.
Um pouquinho da história do Crochê...


O termo "crochê" deriva do vocabulário "croc", que quer dizer "gancho". Como os demais sistemas de fabricação de tecidos, é dificil traçar sua origem porque restaram poucas amostras antigas. Sabe-se que a técnica do crochê, desde o início, foi amplamente difundida pelo mundo todo, pois foram encontradas amostras antigas na China, Turquia, Africa e Europa, assim como nos EUA e América do Sul. O tecido resultante do crochê tem dois aspectos totalmente distintos: se for trabalhado com linhas e agulhas finas, produzirá um tecido aberto e delicado e muito semelhante à renda. Por outro lado, se forem utilizadas linhas e agulhas grossas, o tecido resultará espesso e firme. Este ultimo tipo é o mais conhecido. Os chineses utilizavam para confeccionar gorros; os turcos chapéus e os escoceses gorros e capas pesadas que eram utilizados pelos pastores - ai o crochê ficou conhecido como "trico de pastor".
Este tipo mais compacto de crochê continua desfrutando de grande popularidade nos dias de hoje para confeccionar múltiplas peças de vestuário como, por exemplo, suéteres, casacos, jaquetas, meias e gorros. É, também, util para fazer tapetes, mantas exales que proporcionam maior proteção contra o frio.
O tecido de crochê pode ser trabalhado em peças planas ou em anéis, que podem se transformar em tecidos tubulares e medalhões. Nos Estados Unidos, na época em que as famílias pioneiras lá se fixaram, havia grande escassez de lã nova; assim, aproveitavam sobras de lã usada para fazer medalhões multicoloridos. Estes eram unidos, como patchwork, para confeccionar mantas, tapetes e xales. Este tipo de crochê continua ainda muito popular. Conhecidos como "quadrados da vovó" ou "quadrados afeganes", esses medalhões de cores vistosas podem ser usados para confeccionar roupas e também bolsas.
O crochê é uma arte antiga e manual que revela muita criatividade. É feito com a agulha e linha e apartir disso cria-se outras peças. O crochê tem entrado até no mais alto nível de costura, muitas griffes estão usando esse artesanato.
FONTE DESCONHECIDA
Pontos básicos (gráfico e vídeo) e outras possibilidades:


Este vídeo ensina os pontos básicos: correntinha, ponto baixo e alto.


Mais gráficos...



3 comentários:

  1. Oi professora Iclea, meu nome é aline e adorei seu blog. Gostei de ter falado sobre o croche que é uma arte muito linda e que é pouco valorizada. Eu amo croche e faço desde criança. Tenho 17 anos e sempre que tenho tempo faço alguma coisa. Parabéns, seu blog é d+!!!

    ResponderExcluir
  2. amei seu blog sou missioária e porque não passa por aqui e também prestigia seu trabalho "quando pessares em desiste lembresse que existiu um homem que foi até o fim por mim e por vc.bjs deilza_campos@hotmail.com.br

    ResponderExcluir
  3. adore oceu trabalho muito bom e bem esticulado.....bjs

    ResponderExcluir

Paz do Senhor Jesus! Obrigada por estar visitando meu blog e deixando a sua opinião. Que Deus continue a lhe abençoar grandemente.

;
Ocorreu um erro neste gadget

Você já falou com Deus hoje?

Você já falou com Deus hoje?